Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Palavras são armas

“a luta de classes é a mãe de todas as lutas”

Palavras são armas

“a luta de classes é a mãe de todas as lutas”

“ARTE DE FURTAR” (1)

gatunos.JPG

“ARTE DE FURTAR”

ESPELHO DE ENGANOS

(Padre Manuel da Costa) 1652

«Não ensina ladrões o meu discurso, ainda que se intitula Arte de Furtar, ensina só a conhece-los, para os evitar.»

- … e como o homem de si nada tem próprio, claro está, que os acrescentos hão de ser alheios.

- … A maior dificuldade está no conhecimento deles; porque como o ofício é infame, e reprovado por Deus, e pela Natureza, não querem ser tidos por tais, e por isso andam todos disfarçados.

marinheiro.jpg

CAPÍTULO I

Como para furtar há arte, que é ciência verdadeira

“Con arte, y con engano, vivo la mitad del año;

y con, engaño y arte, vivo la otra parte”

 

  • … E quando os vejo continuar no ofício ilesos, não posso deixar de o atribuir à destreza de sua arte, que os livra até da justiça mais vigilante, deslumbrando-a por mil modos, ou obrigando-a que os largue, e tolere; porque até para isso têm os ladrões arte. Assim se prova, que há arte de furtar, e que esta seja ciência verdadeira, e muito mais fácil de provar, ainda que não tenha escola pública, nem Doutores graduados que a ensinem em Universidades, como têm as outras ciências.

CAPITULO II

Como a arte de furtar é muito nobre

- … E como o engenho, e arte de furtar ande hoje tão subtil, que transcende as guias, bem podemos dizer que é ciência nobre.

CAPITULO III

Da antiguidade, e professores desta arte

- … E como não há arte, que se aprenda sem mestres, que vão sucedendo uns aos outros, tem esta alguns muito sábios, e sempre os teve: e como não há escola, onde se não achem discípulos bons, e maus, também nesta há discípulos, que podem ser mestres; e há outros tão rudes, que nem para maus discípulos prestam, porque logo os apanham.

- … que este mundo é uma ladroeira, ou feira da ladra, em que todos chatinam interesses, créditos, honras, vaidades, e estas coisas não as pode haver sem mais, e menos: e em mais, e menos vai o furto, quando cada um toma mais do que se lhe deve, ou quando dá menos do que deve.

Mais sobre mim

imagem de perfil

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2023
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2022
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2021
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2020
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
Em destaque no SAPO Blogs
pub